COMPRESSÃO DE GAS

Compressores MX

No coração de todo pacote de compressão

Os compressores alternativos MX são caracterizados pela sua robustez e eficiência comprovadas durante milhões de horas de operação. Desenhados e fabricados pela Galileo Technologies sob padrões API 618 e API 11P, suas configurações de 2 para 4 eixos e de 1 para 5 etapas permitem operar com:
  • Uma faixa de potências de 100 para 1600 bhp
  • Pressões de sucção de 0,5 barg (7 psig) e pressões de descarga de até 300 barg (4400 psig)

MX 200

N° de eixos:2
Potência Nominal:300 bhp
Eixo:76,2 mm (3,00”) @1800 rpm / 88,90 mm (3,50”) @1500 rpm

MX 400

N° de eixos:4
Potência Nominal:600 bhp
Eixo:76.2 mm (3,00”) @1800 rpm / 88.90 mm (3,50”) @1500 rpm

MX 1000

N° de eixos:4
Potência Nominal:1600 bhp
Eixo:110 mm (4,35”) @1500 rpm 7 125 mm (4,90”) @1200 rpm

VENTAJAS

Máxima padronização

Mais de 100 modelos que atendem as mais variadas combinações de pressões de entrada e caudais..

Disponibilidade superior a 99%

Desenhados para minimizar paradas e manutenção, os compressores MX possuem uma engenharia modular que faz com que cada componente possa ser desmontado e reparado individualmente no campo, sem prejudicar o resto do equipamento. Esse critério caracteriza cada detalhe e vem acompanhado de materiais de alta resistência:

 

  • As paredes dos cilindros estão fabricadas com ferro fundido nodular, o que aumenta sua dureza, e contam com camisas desmontáveis que evitam a substituição total da peça.
  • As camisas e hastes têm tratamento de nitretação iônica para diminuir o desgaste e evitar a corrosão, prolongando sua vida útil.
  • Os anéis de pistão e de desgaste são de PEEK e estão reforçados com fibra de carbono, PTFE e dissulfeto de molbdênio para melhorar a resistência.
Baixo nível de vibrações

O design rígido do marco, o balanceamento das peças rotativas e o equilíbrio das massas alternativas reduzem as vibrações para níveis quase imperceptíveis. Também, cada eixo possui um sensor de vibrações conectado ao sistema proprietário SCADA para registrar e prevenir fatores tais como:

 

  • Parafusos folgados ou quebrados
  • Movimento excessivo nos pernos de ligação
  • Porcas de vareta folgadas ou desgastadas
  • Líquido ou resíduos no cilindro
  • Bielas ou hastes desgastadas
  • Estrias no cilindro
  • Movimento excessivo entre a cruzeta e seus eixos
  • Outras peças com desgaste
Acoplamento direto

O acoplamento direto entre compressores e motores reduz o consumo em mais de 6% comparado com os sistemas de correia de transmissão.

Virabrequim e bielas de aço forjado

O virabrequim e as bielas estão forjadas em aço SAE 4140 para oferecer a máxima resistência.

Lubrificação controlada

Uma bomba garante o fluxo preciso de óleo em cada ponto do compressor e a lubrificação forçada dos rolamentos tri metálicos que funcionam de suporte do virabrequim e das bielas. Para uma máxima proteção, cada bloco de lubrificação pode ser monitorado do painel de controle do pacote.

Sistemas de segurança de lubrificação auto resetável

A ausência de discos de ruptura garante o funcionamento automático do compressor.

Cilindros de caudal elevado

As paredes dos cilindros estão fabricadas em ferro fundido nodular, arrefecidos por ar e lubrificados com injeção direta de óleo para minimizar as perdas de pressão. Essa configuração maximiza o rendimento volumétrico e aumenta o caudal com baixos níveis de carga e pistões de tamanho reduzido.

Preparados para termografia

Grandes janelas de acesso a todos os componentes móveis do compressor habilitam termografias rápidas e precisas que antecipam ações preventivas.

Consulte nossos especialistas de Gás e Petróleo

Nossos especialistas estão prontos para atender todas suas inquietudes, oferecer assessoramento personalizado ou elaborar uma cotação para seu projeto.